Arquivo da tag: metalinguagem

Confissões de uma ladra de histórias alheias

Começo a perceber o que me atrai em filmes: personagens que possam contar histórias para a minha vida. É como se tudo o que eu lesse fosse um livro de auto-ajuda [vide o assassínio de Fausto!], tudo o que eu … Continuar lendo

Publicado em Infausto mundo de Andréa, Música | Marcado com , , | 7 Comentários

Tempo

Vocês não acham irônicos os nomes do tempo? O hoje, por pior que seja, é “presente”. O ontem, ainda que não vá embora, é “passado”. E o amanhã parece uma negação de futuro: a-manhã, sem aurora. Pensei em alo parecido … Continuar lendo

Publicado em Divagações, Internet, Leitura | Marcado com , , , | 1 Comentário

As reticências não são uma pontuação fantástica? Na minha opinião, a melhor de todas. Os três pontinhos não são muito mais bonitos que a sinuosa interrogação? E mais generosos que o ponto-final. Mais eu sempre pensei que, para serem realmente … Continuar lendo

Publicado em Divagações | Marcado com , , | 6 Comentários

Antiquário II

Mais um texto antigo. Não sei exatamente a data, mas eu fazia segundo período na Faculdade… Esse texto estava perdido dentro do livro da Marilena Chauí, Convite à Filosofia. —————————-     Oh, pedaço de mim! Oh, metade arrancada de … Continuar lendo

Publicado em Diário, Divagações | Marcado com , , | 5 Comentários

Antiquário

Organizando minha vida e os papéis velhos, encontro textos escritos em várias datas. Esse foi de novembro de 2005. Contextos diferentes, idéias diferentes… Mas, por curiosidade e falta de inspiração [e também como forma de guardá-los], vou transcrevê-los aqui. ————————– … Continuar lendo

Publicado em Diário, Divagações | Marcado com , , | 3 Comentários