Arquivo da tag: metalinguagem

Papel de rascunho

Encontrar textos antigos é sempre estranho. Palavras diferentes, idéias desatualizadas, registro de um mundo que já não existe… Imagine quando esse texto antigo é seu próprio? Isso sempre ocorre comigo, quando decido arrumar meu quarto (arrumar de verdade). Meu dormitório … Continuar lendo

Publicado em Diário | Marcado com , | 1 Comentário

Ah, se os portugueses soubessem…

…que a língua deles seria mais nossa que deles, a gente ainda falaria Tupi-Guarani. (reflexões tortas sobre a tal reforma ortográfica)

Publicado em Divagações, Opinião | Marcado com , , | Deixe um comentário

Conversas 5

-Como é que nasce um texto? -É a carne (sim, a carne) que se faz verbo e habita entre nós. -E quando a carne se tornou isso, uma ferida que não mata e não deixa viver? -Reza, minha filha, reza. … Continuar lendo

Publicado em Conversas, Video | Marcado com , , | Deixe um comentário

Conversas 4

Como é que você consegue escrever um livro inteiro sem nenhum travessão, nem ponto de interrogação, nem um exclamaçãozinha, E quem disse que é necessário, Eu sempre achei que fosse, Em qualquer história você só precisa de vírgulas e pontos … Continuar lendo

Publicado em Conversas, Literatura | Marcado com , , , | 5 Comentários

Post 101

Tomei um susto: já escrevi 100 mensagens pra vocês (essa é a 101). E, mês passado, esse blog completou um ano. . . . É, a Capes diria que eu sou um desastre em produtividade.

Publicado em Bobagens, Internet | Marcado com , | 3 Comentários