Arquivo da tag: Fernando Pessoa

Vai Alta no Céu – Alberto Caeiro

Vai alta no céu a lua da Primavera Penso em ti e dentro de mim estou completo. Corre pelos vagos campos até mim uma brisa ligeira. Penso em ti, murmuro o teu nome; e não sou eu: sou feliz. Amanhã … Continuar lendo

Publicado em Diário, Poesia | Marcado com , , | 3 Comentários

Conversas

– Andréa, a ausência dela é algo que está comigo. – Ah, Alberto! Então você nunca está sozinho!

Publicado em Conversas, Literatura, Poesia | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Hora Absurda (Fernando Pessoa)

O teu silêncio é uma nau com todas as velas pandas… Brandas, as brisas brincam nas flâmulas, teu sorriso… E o teu sorriso no teu silêncio é as escadas e as andas Com que me finjo mais alto e ao … Continuar lendo

Publicado em Poesia | Marcado com , , | Deixe um comentário