A beleza do que foi

Se eu pudesse escolher dois dias para viver, seriam os que estive em Antuérpia. Hoje agradeço a Deus, com toda a sinceridade que ainda sobrou, por ter colocado tanta beleza no meu caminho e por ter me feito escrever sobre aqueles dois dias. Porque é só lendo que eu olho para mim e acho algo bonito – se não no que sou, ao menos no que senti – no que sinto ainda só em ler tudo aquilo.

https://andreamaciel.wordpress.com/2008/07/15/memorias-viajantes-belgica-parte-1/
https://andreamaciel.wordpress.com/2008/07/16/memorias-viajantes-belgica-parte-2/

Anúncios

Sobre Andréa Maciel

Paulista nordestina naturalizada recifense e entendedora do português lusitano. Estuda Comunicação Social - e adora a comunicação justamente por isso, porque é Social. Acredita em um mundo mais bonito. Acredita em todas as belezas.
Esse post foi publicado em Diário e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s