Parênteses musicais

(Uma pequena pausa nos meus textos portugueses de gaveta)

Gente, graças a Rafael, o engenheiro, eu conheci Yann Tiersen. E preciso fazer esse agradecimento em público: Rafael, apesar de você ser neoliberal e torcer pro Sport, você tem a minha eterna gratidão. =)

É de Yann Tiersen a trilha sonora dos dois filmes da minha vida: Amelie e Adeus, Lenin. Como se não bastasse, o CD La valse des monstres está cheio de referências a Freaks – prestem atenção nos nomes da músicas: Cleo no Trapézio, Frida, O banquete, a própria Valsa dos Monstros…

Como foi que eu vivi até hoje sem conhecer esse cara! Rafael, você salvou minha existência!
=D

Está aí, pra quem quiser ouvir…

De Adeus, Lenin!

De Amelie

E A Valsa dos Monstros

Anúncios

Sobre Andréa Maciel

Paulista nordestina naturalizada recifense e entendedora do português lusitano. Estuda Comunicação Social - e adora a comunicação justamente por isso, porque é Social. Acredita em um mundo mais bonito. Acredita em todas as belezas.
Esse post foi publicado em Amigos, Música e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s